Ruídos na empresa? Saiba o que fazer para melhorar o conforto acústico

Os barulhos e ruídos interferem no bem-estar e produtividade das pessoas, principalmente em ambientes corporativos. Saiba o que fazer para vencer os ruídos indesejados e melhorar o conforto acústico com qualidade e beleza.


Sabe aquele barulho relativamente baixo, mas que segue constante e não sai dos ouvidos nem por um minuto? Pois bem, por se “acostumar” com sua presença no dia a dia, talvez você nem se dê conta do quanto ele te faz mal.


A poluição sonora de ambientes é aquele inimigo invisível que precisa de uma atenção mais do que especial porque, acredite, pode ser uma das causas daquela irritabilidade excessiva sem justificativa, desconforto, falta de concentração nas atividades e baixa produtividade.


Escritórios abertos são uma tendência global e ótimos para integrar times, mas acústica precisa de atenção

Quer ver? Faça o exercício de permanecer em silêncio absoluto por alguns minutos. E observe com atenção os barulhos que estão a sua volta. Se estiver no trabalho, muito provavelmente você escutará barulhos de carros passando, buzinas, conversas paralelas, máquinas funcionando, músicas, ar-condicionado, entre outros sons que podem, em maior ou menor grau, incomodar.


A própria Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece a poluição sonora como um dos problemas que aflige milhões de pessoas em todo o mundo. Isso porque o barulho além do limite aceitável provoca desgastes consideráveis tanto no campo físico (pode levar até a surdez) quanto mental e emocional. Ou seja, é altamente prejudicial às pessoas.


Conforto acústico e o impacto na produtividade e bem-estar das pessoas


Quando olhamos para o universo corporativo, os ruídos podem ser a origem de problemas que podem afetar não apenas o bem-estar das pessoas, como também a produtividade. Portanto, é fundamental ter consciência do quanto o ruído interfere nas atividades.


Uma pesquisa datada de da Universidade de Sydney descobriu que a maior causa de insatisfação entre os trabalhadores de todos os tipos de escritórios era a falta de privacidade. Na sequência aparecem temperatura, privacidade visual e nível de ruído.

Os ruídos no ambiente de trabalho são uma das maiores frustrações de colaboradores

Uma pesquisa de da Gensler sobre o local de trabalho constatou que as pessoas passam mais da metade do tempo produtivo em escritórios ligadas a tarefas que exigem foco total. E que a maioria dos colaboradores se esforça para conseguir se concentrar em ambientes abertos.


E, mesmo que as pessoas acabem por se acostumar com um barulho permanente, o ruído acaba prejudicando fortemente a produtividade do trabalhador. O levantamento também revelou que as pessoas demoram cerca de 20 minutos para recuperar o foco total após cada interrupção significativa. Agora, já imaginou o tempo improdutivo?

Sem falar no estresse gerado. Existe um vínculo real entre a exposição a longo prazo ao ruído e doença do coração, inclusive ao acidente vascular cerebral. Além disso, também há ligação como estresse e pressão alta, dois problemas graves de saúde.


Esse ruído em questão, é bom que se diga, não precisa ser excessivamente alto, como poderíamos imaginar. A mesma pesquisa aponta que o nível considerado perigoso é de simplesmente 65 dB. Para se ter uma dimensão do que isso significa, esse índice é alcançado com facilidade em escritórios, especialmente em ambientes sociais que recebem muitas pessoas ao mesmo tempo, como cafés e cantinas.


O verde como possibilidade de gerar conforto acústico


A natureza pode contribuir para o bem-estar e qualidade de vida das pessoas. Já falamos sobre isso em outras oportunidades aqui mesmo no blog. Isso é uma realidade ao alcance de muitos. O que poucos ainda atentam é para a capacidade do verde e elementos naturais como forma de minimizar os impactos do ruído em um ambiente.


Como isso acontece? Basicamente, de duas formas. A primeira delas é difundindo o som. Na prática, funciona assim. Quando as ondas sonoras se encontram com uma superfície plana e reflexiva, por exemplo, mármore ou alvenaria, elas são refletidas de maneira uniforme, em linha reta.

Propagação do som em superfície reflexiva e em superfície absorvente

A difusão acontece à medida que as ondas sonoras atingem uma superfície dinâmica ou irregular, rompendo essa uniformidade. Assim, essas ondas sonoras se espalham pelo ambiente. Como as plantas são desiguais, quando as ondas sonoras atingem sua superfície, são refletidas de outra forma. Logo, reduzem ecos e a intensidade do som.


Além disso, as plantas ajudam a reduzir os ruídos a partir da deflexão do som. Isso acontece porque as plantas podem converter ondas sonoras em outras formas de energia.


Por exemplo, quando as ondas sonoras se encontram com uma superfície rígida como o mármore, elas “batem e voltam”. Já quando atingem as plantas, que são flexíveis, o material gera uma vibração e transforma essas ondas em outras formas de energia, diminuindo a incidência de barulhos no ambiente.

Os jardins verticais, o musgo moss escandinavo e os vasos


Agora vamos falar de dicas práticas para deixar os ambientes corporativos mais saudáveis e menos barulhentos com o auxílio das plantas.


A primeira dica é a instalação de jardins verticais, as famosas paredes verdes. O jardim vertical é bastante dinâmico e pode se encaixar às diferentes necessidades dos espaços. Pode, por exemplo, em ambientes estimulados para o contato social, como restaurantes o jardim vertical vai minimizar os efeitos dos barulhos no ambiente interno.


Implantação Vertical Garden - Restaurante Ello em Jericoacoara

Internamente, os jardins verticais, podem ser aplicados na recepção, quebrando o clima e a interferência sonora entre a entrada e o ambiente de trabalho, e em salas de reunião, para isolar o som de outros espaços. Podem ainda ser colocadas em paredes que dividem ambientes internos, ou servir como divisórias.



Outra dica é o musgo moss, que também se mostra uma excelente alternativa para escritórios, restaurantes, shoppings centers, entre outros estabelecimentos. Feito com musgos estabilizados, que dispensa manutenção periódica, tem formato redondo e multidimensional. Com visual moderno e uma grande variedade de cores, o musgo moss está associado a ambientes elegantes e refinados. Ou seja, é a funcionalidade aliada ao bom gosto.



Por fim, um outro jeito de diminuir o nível de ruídos nos ambientes corporativos é recorrer as forrações verdes, aos vasos com plantas, que devem ser espalhados em diferentes áreas para dar o efeito desejado. Essas plantas podem fazer uma quebra interessante de ambientes, já que colaboram para a redução de barulhos e promovem uma boa sensação de paz e tranquilidade. Vasos menores também podem ser colocados sobre mesas, estantes e próximos a janelas, absorvendo melhor os ruídos.


Sede Serasa Experian - Arq. Melina Romano

Muitas outras estratégias para melhoria do conforto acústico podem ser tomadas, desde criação de salas e espaços para concentração, o cuidado com escolha de materiais e mobiliários e muitas outras práticas. Uma coisa é certa, um ambiente que fornece um bom controle de ruídos eleva o bem-estar e qualidade de vida de qualquer ser humano!

Confira outros artigos que você vai gostar:


Estudos científicos comprovam os benefícios das plantas artificiais na natureza simulada

RH: Payback na humanização da Arquitetura Corporativa com foco no bem-estar

Sala de descompressão: como aliviar o estresse e aumentar a produtividade dos colaboradores

Certificação Well e Fitwel: como o bem-estar dos colaboradores afeta a saúde das empresas

Design Biofílico reduz stress e evita depressão. Veja mais benefícios!

Saiba como a neuroarquitetura pode transformar a sua vida


#confortoacustico #corporativo #arquiteturacorporativa #biofilia #bemestar #verticalgarden #paisagismocorporativo #arquiteturabiofilica #sustentabilidade #arquiteturasustentavel

BRA: +55 (11) 4873 2188

USA: +1 (786) 991-2661  

 BRA: Rua Colégio Pio XII, 10    – Morumbi – CEP 05657-140 

USA: 323 Sunny Isles BLVD, #708 Sunny Isles Beach, FL- 33160

Vertical Garden. CNPJ: 15.494.532/0001-08
Politicas da loja

  • Google ícone social Places
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube ícone social
  • Pinterest ícone social
  • Google+ ícone social
  • Facebook Social Icon