top of page

ESG: Como a sustentabilidade pode beneficiar os resultados financeiros

Sustentabilidade muitas vezes acaba sendo vista como um investimento de luxo ou de marketing. Na verdade, hoje em dia existem evidências que indicam que as iniciativas de sustentabilidade podem ajudar a criar lucros e oportunidades reais de negócios.

Sustentabilidade

Grandes empresas buscam a sustentabilidade por causa do impacto financeiro significativo. O sucesso requer um programa estruturado para melhorar o desempenho e uma filosofia de sustentabilidade. Tornar-se um líder em sustentabilidade requer grandes mudanças, mas o esforço, com certeza, vale a pena.

Sustentabilidade e criação de valor

Sustentabilidade

Nos últimos 20 anos, a ideia de sustentabilidade corporativa tornou-se parte dos negócios. Empresas em muitos setores desenvolvem relatórios de sustentabilidade ou responsabilidade social corporativa.

Para entender o papel das iniciativas de sustentabilidade nos negócios, olhamos para estudos acadêmicos, investidores, estratégias e dados sobre eficiência de recursos. A conclusão: programas de sustentabilidade não estão apenas relacionados com bom desempenho financeiro, mas também são importantes para sua criação.

De acordo com pesquisa do Deutsche Bank, que avaliou 56 estudos acadêmicos, empresas com altas classificações ambientais, sociais e fatores de governança (ESG) têm um custo menor de dívida e patrimônio líquido.

Aplicando gerenciamento de desempenho para sustentabilidade

Embora a sustentabilidade faça parte da agenda corporativa, muitas vezes há problemas de execução. Para encontrar e entregar oportunidades estratégicas reais, os líderes devem considerar a aplicação de quatro práticas. Esses princípios não são novos, mas não são frequentemente usados ​​para abordar desafios de sustentabilidade. Porque os valores de ESG são fundamentais para os negócios atuais.

Identifique problemas e defina prioridades


Muitas empresas têm muitos tópicos de sustentabilidade. Assim, é difícil imaginar como uma ampla agenda de sustentabilidade pode ter sucesso. A dica é se concentrar em alguns temas estratégicos, focando em alguns princípios do ESG.


Para desenvolver um conjunto claro de prioridades, é importante começar analisando o que é mais importante ao longo de toda a cadeia de valor. Isto é, feito por meio de análises internas e consultas às partes interessadas, incluindo clientes e organizações não governamentais. Este processo deve permitir identificar as questões de sustentabilidade com o maior potencial de longo prazo e, portanto, criar uma agenda sistemática.

Uma vez que as prioridades são identificadas, a próxima etapa é desenvolver uma base de fatos para criar uma descrição detalhada da análise financeira e de sustentabilidade.

Estabeleça metas

Sustentabilidade

Depois, traduza essas informações em objetivos externos que podem ser quantificados. Esses objetivos devem ser específicos, ambiciosos e mensuráveis em relação a uma linha de base estabelecida. Também deve ter uma orientação de longo prazo e ser integrado à estratégia de negócios. E quanto mais específico, melhor.

Por exemplo: não basta reduzir o impacto da embalagem no meio ambiente. A ideia é reduzir quanto? Até quando? Comparado com o quê?

Na sequência, é importante construir um suporte interno para cumprir esses objetivos. Envolver os líderes de negócios. Definir metas externas ambiciosas motiva a organização, força a alocação de recursos e promove a responsabilidade.

A falta de metas é um grande problema para a sustentabilidade e os valores ESG.

Apresentar os resultados financeiros do ESG

Sustentabilidade

Há uma preocupação clara com relação aos ganhos de curto prazo. Porém, é possível pensar no cenário de lucro com propósito. Porque uma estratégia de sustentabilidade e ESG pode beneficiar os resultados financeiros.

Por exemplo, a Alcoa, uma empresa de metais com sede nos Estados Unidos, incorpora a sustentabilidade em como faz negócios — e como ela fala sobre a empresa para os stakeholders. Em uma apresentação ao investidor, detalhou como sua simplificação da cadeia de abastecimento reduziu os custos de mão de obra e energia, bem como cortou Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), mas os efeitos financeiros é que estavam em destaque. Para ilustrar com um exemplo local, o mesmo se aplica a re-inauguração da fábrica de alumínio primário, desta mesma empresa, no Maranhão, cuja a apresentação no Linkedin demonstra como a sustentabilidade e o social estão intimamente ligados ao resultado financeiro esperado por essa unidade. Bastante significativo que um bom número de comentários sobre esse anúncio destacavam o fato que até 2024 essa subsidiária atingirá 100% de energia renovável.

A dica? Para cada projeto, executivos específicos devem ser responsáveis pelos custos e eficácia. Além disso, pode-se contar com um analista financeiro que se concentra em calcular o valor financeiro de esforços de sustentabilidade. Hoje, a maioria das empresas não comunica o desempenho financeiro da sustentabilidade.

Criar responsabilidade

Sustentabilidade

Às vezes, o que falta para o sucesso da sustentabilidade é o incentivo. De acordo com o UN Global Compacto, apenas 1 em 12 empresas vincula remuneração de um executivo ao desempenho de sustentabilidade; e 1 em cada 7 oferecem recompensas por boa atuação no campo da sustentabilidade.

A Adidas mostra uma abordagem interessante. A empresa de artigos esportivos divide seus objetivos de longo prazo em marcos de curto prazo. Seus fornecedores, por exemplo, recebem metas estratégicas de três a cinco anos, bem como metas mais imediatas para encorajá-los nos trabalhos.

Sustentabilidade e lucratividade


Sustentabilidade

A sustentabilidade e a lucratividade do negócio podem coexistir? Essa pergunta é elementar. Antes de olhar para isso, é bom lembrar: na corrida para acelerar o crescimento econômico, muitos desequilíbrios foram criados no ecossistema. Portanto, é importante que as conversas sobre sustentabilidade, ESG e lucratividade empresarial se traduzam em ações para salvar a Terra e nosso futuro.

Muitos relatórios citam a correlação direta entre práticas sustentáveis, preços de ações e desempenho empresarial. De acordo com uma pesquisa global de 2018 pela FTSE Russell, mais da metade dos proprietários de ativos globais estão implementando ou avaliando considerações ESG em sua estratégia de investimento.

Em 2018, o Bank of America Merrill Lynch descobriu que as empresas com um histórico ESG melhor do que seus pares, produziram retornos maiores de três anos, eram mais propensas a se tornarem ações de alta qualidade, eram menos propensas a ter grandes quedas de preços e ir à falência.

Além disso, as empresas com princípios ESG embutidos em sua estratégia de crescimento de longo prazo podem mitigar riscos e impulsionar o crescimento lucrativo investindo em inovações sustentáveis ​​que impactam positivamente o mundo.

Por meio de uma governança corporativa aprimorada, eles podem atrair os melhores talentos e criar as campanhas de marketing mais relacionáveis ​​e eficazes.

Os líderes de hoje têm uma oportunidade incrível de construir um novo futuro para seus negócios, importando os princípios de sustentabilidade e ESG para sua estratégia.


Já pensou em ter um projeto sustentável em seu ambiente de trabalho? Nós podemos lhe ajudar.





Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page