Redução de Custos com Irrigação e Otimização do OPEX

Atualizado: Fev 12

Quem se depara pela primeira vez com um Jardim Vertical Natural dificilmente esquece a cena e o ambiente. A vegetação viva e pulsante traz um colorido todo especial. Além da beleza inegável dos Jardins Verticais Naturais ou Parede Verde, sempre é bom lembrar dos benefícios que ele proporciona ao local e ao seu entorno.

Por exemplo, melhora na eficiência energética de forma significativa; retém impurezas que ficam no ar, bem como os poluentes; contribui para um ar mais puro e saudável; auxilia no equilíbrio da temperatura; e também cria uma barreira acústica importante. Enfim, só coisas boas, não é mesmo?


Porém, para que se possa desfrutar de tudo o que existe de melhor em um Jardim Vertical Natural, é fundamental se atentar aos seus cuidados. Porque, se não for bem cuidado, com um processo de manutenção periódica, aliada a sistemas tecnológicos eficientes, alguns contratempos podem aparecer pelo caminho.

Aliás, uma das grandes preocupações das empresas na hora da aquisição de um Jardim Vertical Natural passa justamente pelos custos que ele, eventualmente, pode gerar. Fato é que, quando existe um trabalho mais sólido em CAPEX (despesa de capital), existirá uma grande vantagem econômica em OPEX (despesas operacionais). Em linhas gerais, quando feito do jeito certo e bem administrado, parede verde é só investimento, e não custo.

Como reduzir os custos com irrigação?


O assunto irrigação deve ser olhado com bastante carinho em um projeto de Jardim Vertical Natural. Porque os custos, tanto de investimento quanto operacionais, se ficarem distantes da realidade, podem, no fim das contas, ficar consideravelmente maiores. Aqui, deve existir cautela para não pular etapas importantes. Daí a necessidade de lidar com quem entende profundamente do assunto para não perder tempo.

Jardim Vertical Ambev by Vertical Garden

Aqui na Vertical Garden, por exemplo, temos dois projetos distintos, dependendo do tamanho da parede verde, que auxiliam na redução de custos com irrigação. Para Jardins Verticais de pequeno porte, é utilizado um controlador super fácil de usar que se conecta na entrada da torneira, o qual fica escondido, sem precisar de casa de máquinas. Funciona a bateria e sua conexão é feita por bluetooth, o que permite configurá-lo através do celular.


Já no caso de irrigação de Jardins Verticais de grande porte, a tecnologia é um pouco mais avançada. É instalado um sistema de irrigação mais sofisticado, capaz de prevenir qualquer problema ou alteração com extrema rapidez. O controle é feito à distância pelos nossos engenheiros agrônomos, via internet. Detalhe: o controlador é completo e se ajusta automaticamente conforme a previsão do tempo no local.


Em ambos os casos, os recursos tecnológicos são essenciais para que a irrigação automatizada seja na medida, eficiente e não cause dores de cabeça, seja por conta dos custos, ou então na manutenção constante do Jardim Vertical Natural.


Além da tecnologia aplicada, mais dois fatores podem reduzir os custos com irrigação, como fazer o processo em horários alternativos, quando o valor da tarifa de energia é menor, ou seja, de madrugada. Por fim, manter a manutenção em dia também é importante, porque pode evitar desperdícios como pequenos vazamentos, por exemplo.

Edifício Barzel by Vertical Garden

Água de reuso: sim, é possível utilizá-la


Quando se fala em reduzir os custos de irrigação, uma pergunta frequente é: posso irrigar as plantas do meu Jardim Vertical Natural com água de reuso? E a resposta a essa pergunta é muito simples: sim, é possível. Não existe nenhuma contraindicação.

Se essa cultura ainda não existe dentro da empresa, basta instalar um tanque com água captada pela chuva e conectar com o sistema de irrigação. Essa solução é simples e altamente eficiente. Os benefícios? A aplicação de águas de reúso na irrigação é uma ótima alternativa para economizar na conta de água no fim do mês. Mas, não só isso. Essa atitude colabora no aspecto maior da sustentabilidade, já que preserva água potável. Aqui, sem dúvida nenhuma todo mundo sai ganhando.


Um passo além, que temos vivenciado aqui dentro do Grupo VG, é a aplicação de jardins filtrantes, que capta água do esgoto, coloca dentro de um processo de filtragem altamente eficiente, e depois é enviada para a irrigação de jardins verticais.


Hoje, as empresas que pertencem ao Grupo VG lideram projetos importantes de paisagismo que contemplam aspectos como marketing verde, economia de custos, sustentabilidade e responsabilidade social e ambiental.


Se quiser falar sobre projetos sob medida, pode chamar que teremos imenso prazer em atender sua empresa.

Confira outras matérias que você talvez goste:


→ 10 razões para amar Jardins Verticais.

→ Painel de Jardim Vertical em Apartamento leva plantas Naturais e Artificiais.

→Samambaia artificial e jardim vertical: uma combinação perfeita

Jardim Vertical em apartamento: saiba como e qual utilizar

Jardins Verticais: tudo o que você precisa saber!

Entenda o sistema de Jardim Vertical Natural que os Arquitetos amam!

→Conheça as principais tendências europeias em Jardins Verticais

Patrick Blanc - Conheça o pioneiro em Jardins Verticais

→Cresce a tendência por Jardins Verticais Artificiais! 6 Ideias de Jardins Verticais Inspiradoras

Veja a tabela comparativa entre os tipos de Jardim Verticais


#jardinsverticais#arquiteturasustentavel#verticalgarden


Posts recentes

Ver tudo

BRA: +55 (11) 4873 2188

USA: +1 (786) 991-2661  

BRA: Rua Colégio Pio XII, 10 – Morumbi – CEP 05657-140 

USA: 323 Sunny Isles BLVD, #708 Sunny Isles Beach, FL- 33160

Vertical Garden. CNPJ: 15.494.532/0001-08
Politicas da loja

Manual de Cuidados

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube ícone social
  • RSS
  • Google+ ícone social
  • Pinterest ícone social
  • Google ícone social Places